Tudo sobre coelhos de estimação [leia antes de pegar o pet]

Quer saber tudo sobre coelhos de estimação para definir se é ou não é uma boa ideia ter um? Então é só continuar com a gente, aqui trazemos todos os detalhes importantes e necessários para as pessoas interessadas em se tornar tutores de coelhinhos.

Uma coisa é certa: são animaizinhos muito fofinhos. O sonho de infância de muita gente era ter um desses felpudos saltitantes como pet. E a carinha deles? Parecem até de pelúcia.

Apesar dessa fofura toda, é importante ter em mente que, assim como qualquer pet, demandam compromisso. E, por se tratar de um animal doméstico menos convencional, você pode não saber exatamente suas demandas.

Para facilitar sua vida, reunimos aqui tudo sobre coelhos de estimação. Assim você consegue ter essa noção maior de quais são as responsabilidades específicas, sendo elas:

  • Entenda o pet
  • Comportamento
  • Saúde
  • Espaço necessário
  • Higiene
  • Rotina
  • Brinquedos
  • Bagunça
  • Treinos
  • Conteúdos
  • [Extra] Dá trabalho?

São 10 pontos que iremos explanar tudo sobre coelhos de estimação, esse que tem sido o pet da vez. Além de no final ainda ter um extra que vai concluir, te ajudando a tomar sua decisão.

Temos uma lista com as principais raças de coelho para você conhecer também. Se quiser conferir, só deixo avisado que será fofura por todo lado <3

Completo, certo? Então bora logo ao que interessa. 

Tudo sobre coelhos de estimação – 10 pilares

1- Entenda o pet

O primeiro passo para sacar tudo sobre coelhos de estimação é: eles são uma espécie diferente e não convencional de pet. Estamos mais acostumados a ver gatos, cachorros, pássaros como calopsitas ou então hamsters.

Então, é importante que antes de tudo você separe um tempinho para entender as especificidades desse pet. Dessa forma começa a conhecer mais e se preparar para o que está por vir.

Algumas características marcantes são:

  • Apesar de não serem roedores (na verdade são lagomorfos), são dentucinhos. A dentição não para de crescer e então precisam roer, além de gostarem muito dessa prática.
  • São herbívoros, então as verduras fazem muito bem para eles.
  • Existem diversas raças de coelho, cada uma com suas características específicas. Pesquise e conheça mais da que você tiver interesse
  • No geral, tem uma expectativa de vida bem longa, em média de 6 a 10 anos. Tenha isso em mente, evite abandonos (segundo a PETA, coelhos são os terceiros animais mais recebidos em abrigos)
  • Inicialmente não tendem dar certo com crianças. É necessário uma fase de adaptação, principalmente pelo quesito de barulhos e ficar agarrando muito
  • Possuem dificuldades para se adaptar com animais de outras espécies em um primeiro momento
  • São sociáveis, ficam ainda mais felizes se estiverem, pelo menos, em parzinho
  • São silenciosos e ocupam pouco espaço, sendo uma boa opção de animais de estimação para apartamento

Como falamos, esse é um panorama geral para começar as apresentações. Logicamente, para você saber tudo sobre coelhos de estimação mesmo é importante que termine de ler o post e se atente a todos os pontos que colocamos aqui.

2- Comportamento

O segundo ponto para quem quer saber tudo sobre coelho é o comportamento. Muito se fala sobre serem reservados, assustados e às vezes até agressivos, mas não é exatamente isso. 

Para entender, é preciso imaginar o seguinte: no meio selvagem, os bonitos são presas de outros predadores. Portanto, o jeito mais assustado e até mesmo fugidio é algo instintivo nos coelhos.

Só que, com o tempo, carinho e cuidando direitinho, você consegue conquistar a confiança dele. Aí você verá a outra face desse animalzinho, que é bastante carinhoso e brincalhão. Alguns gostam inclusive de colo!

É importante ir aos poucos, entendendo o espaço do pet e respeitando os limites. Isso pode ser difícil quando se tem uma criança em casa, então converse bem a respeito antes de pegar o seu coelho.

Outro aspecto legal de se ter em mente é que, no geral, são bem enérgicos. Gostam de se exercitar e se entreter. São também curiosos e inquietos, então esteja preparado.

Por fim, ressaltamos novamente que existem diversas raças de coelho, cada uma com suas especificidades não apenas físicas mas comportamentais. 

3- Saúde

Bom, se você pretende se tornar um dono de pet, deve ficar muito atento à saúde e cuidados. Esse assunto é muito sério, influenciando diretamente no bem estar do animalzinho.

Não dá para se desleixar quanto a isso e é importante que esteja ciente de que ocasionalmente vai ser necessário desembolsar uma grana. Não tem jeito, as visitas ao veterinário devem ser periódicas para fazer um check-up e garantir que está tudo bem.

Além disso, também deverá ter atenção na:

  • Alimentação: saber quais são as mais indicadas e quais se deve evitar. Os bonitos podem sofrer de problemas gastrointestinais e uma dieta balanceada pode ser um meio de prevenir.
  • Dentes: como já falamos, eles não param de crescer. É essencial então sempre se atentar a ter algo que o bichinho possa roer e levar ao veterinário para avaliar.
  • Emocional: como são assustados, podem se ver em muitas situações de estresse e ansiedade. Isso acaba somatizando e fazendo mal também físico para ele, então cuidado.

4- Espaço Necessário

Ok, já falamos dos aspectos iniciais para quem quer saber tudo sobre coelhos de estimação. Agora é hora de falar de questões mais práticas para quem quer ser tutor, como por exemplo: qual o espaço que devo ter para que meu coelho fique confortável?

A boa notícia para quem mora em apartamento é: os coelhos demandam pouco espaço. É importante que a gaiola ou cercadinho dele o deixe bem confortável e entretido, mas não precisa ser algo grande demais.

O ideal é que o lugar que ele irá ficar seja, pelo menos, cinco vezes maior que o tamanho do pet. Segundo a HSUS, é importante que o espaço que ele viva seja largo ou então um quarto “a prova de coelhos”.

O que isso quer dizer? Você deve checar se não há cabos ou móveis que ele possa roer o pézinho. Como já falamos, são bem curiosos e persistentes, então não vão largar mão de algo que estejam interessados.

No vídeo abaixo você confere um passo a passo de como criar uma gaiola confortável e o que ela precisa ter:

É válido ressaltar que não é só deixar o dentucinho na gaiola e pronto. Falaremos mais a respeito no tópico sobre rotina, mas vai ser necessário ter um tempinho para deixá-lo livre pela casa também, com sua supervisão de preferência.

5- Higiene

Mais uma boa notícia para quem quer saber tudo sobre coelhos de estimação: eles são bem higiênicos. Você não tem nem necessidade de dar banho, assim como os gatos fazem sua higienização sozinhos.

Falando em higiene, temos um conteúdo sobre como dar banho em gato. Se você tiver curiosidade, dá um pulinho lá para saber o passo a passo completo.

O fator que você deverá ter mais atenção é na limpeza da gaiola. Eles são bem exigentes quanto a isso, se ficar muito suja costumam ficar temperamentais. Por isso, a frequência é:

  • Limpar os insumos (serragem) para manutenção no mínimo uma vez na semana
  • Lavar a gaiola toda com água e sabão no mínimo duas vezes no mês

Outra questão importante são os pelos, principalmente se estiver pensando em ter um coelho de pelagem longa. É extremamente necessário esfregá-los pelo menos uma ou duas vezes por semana, retirando os pelos soltos.

Isso evita com que tenham problemas de saúde como por exemplo a bicheira. Além de não correr risco de que consumam muito o próprio pêlo, gerando constipação. Para descobrir como escovar o coelho, se liga nesse vídeo:

6- Rotina

Antes de pegar o seu coelho, é importante ter uma ideia da nova dinâmica na sua rotina que vai ser necessário. Por exemplo, separar um tempo para higienização da gaiola e escovação do pet.

Outra alteração é a questão de separar sempre 2 horas no dia para soltar o coelho e deixá-lo se exercitar pela casa. 

Com o tempo e costume, é provável que fique algo mais natural, mas nas primeiras vezes é importante ter grande supervisão. Até para saber se ele não vai roer algum objeto específico ou encontrar meios de escape.

Outras questões que influencia diretamente no dia-a-dia e que não se pensa muito:

  • Veterinário: eventualmente você precisará tirar um tempo para levá-lo na consulta
  • Alimentação: ir comprar ração, sempre checar se o comedouro está cheio, limpar o potinho, são pontos que levam tempo
  • Hidratação: o mesmo para o bebedouro
  • Atenção: não é sobre pegar um mini coelho e deixá-lo na gaiola por horas e só ver quando der vontade. Você precisa separar um tempo diariamente para dar atenção e carinho ao bonito, dessa forma vocês criam um vínculo e ele se sente melhor

Por fim, há também a questão do horário dos coelhos. Eles são animais crepusculares, ou seja, em geral estão acordados e agitados na primeira hora do dia e na última da noite. Então, esses são os momentos mais indicados para as brincadeiras.

E aí, tá sabendo tudo sobre coelhos domésticos? Calma que ainda tem mais informação aí para você 🙂

7- Brinquedos

Sim, você pode dar brinquedos para os bonitos, é uma ótima ideia para ajudar a entreter e mantê-los distraídos. Assim eles tendem a procurar menos por objetos da casa para roer, por exemplo.
Então, uma sugestão é ter brinquedos bons para roer, esses dois abaixo da Amazon são bons exemplos:

Outra ideia também é o DIY (Do-It-Yourself). No vídeo abaixo você aprende como fazer um castelo de papelão que, com certeza, eles vão amar:

Nesse aqui, temos alguns brinquedos variados para se fazer:

Temos um conteúdo mostrando como brincar com gato. Não é exatamente a mesma coisa, mas caso você não tenha nenhuma experiência com pets, pode te ajudar a ter uma ideia de como funciona essa etapa para os bichinhos.

8- Bagunça

Quer saber tudo sobre coelhos de estimação mesmo, né? Até se fazem bagunça? Então, a resposta é que, como qualquer pet, é natural que algumas baguncinhas aconteçam.

Coelhos são agitados e enérgicos, no momento de brincadeiras soltas pela casa, é comum que explorem e se divirtam. Não tem muito como se blindar de uma baguncinha ou outra, então esteja preparado para isso.

Só que, de modo geral, são menos bagunceiros que outros pets. Só pelo fato de ocuparem menos espaço já dá para ter uma ideia de como a dimensão é menor.

Eles também são reconhecidos por serem muito silenciosos. Isso é positivo para quem mora em apartamento e se preocupa com vizinhos. Se for o seu caso, talvez se interesse também pela nossa lista de melhores cachorros para apartamentos.

Repetindo o que já falamos também: lembre-se de certificar de que a casa está bunny-proof (a prova de coelhos). Nos momentos de deixá-lo solto, tome sempre muito cuidado com cabos e móveis que ele possa roer.

9- Treinos

Sim, é possível treinar um coelho de estimação! Inclusive, algumas raças são bem espertas e aprendem rápido certos comandos.

Existem alguns truques específicos do adestramento que são mais complexos. Só que rola bastante de ensinar questões comportamentais como, por exemplo, fazer as necessidades em um lugar específico ou entender quando é chamado.

No vídeo abaixo você confere como ensinar esse ponto básico das necessidades:

Isso já dá uma aliviada na questão da bagunça, não é mesmo? É preciso paciência, mas é uma ótima oportunidade para estreitar laço com o bonito <3 

10- Conteúdos

Logicamente, o tema ainda tem muuuuitas questões e pontos específicos. Digamos que isso é apenas um guia mais geral para você que quer saber tudo sobre coelhos de estimação.

A nossa sugestão é que dê uma zapeada pela internet também conferindo mais conteúdos sobre o assunto. Isso vai te ajudar a ter uma noção melhor antes de decidir.

Abaixo, uma lista com indicação de alguns canais no YouTube bem bacanas de tutores de coelhos. Eles compartilham diversas dicas e ajudam a ter uma noção melhor de como é ter um fofo desses no seu lar:

Dar uma sondada nesse tipo de conteúdo vai te ajudar a realmente saber tudo sobre coelhos de estimação. Te ajudando a decidir se deve ter ou não.

Então, salve essa publicação nos favoritos e volta aqui para revirar cada um desses conteúdos extras que sugerimos aqui 😉

[Extra] Dá Trabalho?

Para concluir nossa publicação de tudo sobre coelhos de estimação, vamos responder a pergunta principal: dá trabalho? E a resposta bem sincera é: sim, dá trabalho.

Ter um bichinho de estimação é uma responsabilidade e compromisso a mais e você tem que estar bem ciente disso antes de decidir buscar o seu crush pet. Existem diversos pontos a mais que mudam no dia-a-dia e você deve estar preparado.

É legal ter uma visão franca dessa situação para evitar que abandonos aconteçam. Você precisa analisar bem se é algo que está disposto e que casa com o seu momento.

Agora, para além disso, vale dizer também: é muito bom ter bichinhos. Basta perguntar para qualquer dono de pet responsável e carinhoso se ele não ama o companheirinho dele.

Você inicia um novo tipo de relação que é nova e bem diferente do que temos entre humanos. O laço entre o pet e o tutor é bastante afetivo e chega a ser indescritível.

Então, coloque os dois pesos na balança para tomar sua decisão. E agora que você já sabe tudo sobre coelhos de estimação, fica mais fácil, certo? 🙂

E aí, curtiu nosso guia com tudo sobre coelhos de estimação?

Conta para a gente nos comentários se você decidiu definitivamente pegar um e salve nos comentários para não perder nenhuma das dicas que estão aqui. Selecionamos os principais pilares, é um bom guia para os tutores.

Aproveita que chegou até aqui e confira também nossa lista de raças de gatos para apartamento. Se você está em busca de um pet tranquilo para apartamento, talvez seja uma opção interessante também 😀

Crush Pets
  • Crush Pets é um Blog para todos os amantes de Pets. Seja cachorro, gato, tartaruga, furão, peixe... tanto faz! Aqui juntamos a comunidade e falamos sobre como cuidar dos animais que amamos 😉

ARTIGOS RELACIONADOS

POSTS FRESQUINHOS