[Guia] Alimentos para gatos idosos – Cuidados necessários.

Seu gatinho já não está mais na flor da idade? Então fique atento com relação aos alimentos para gatos idosos. Confira as dicas que trazemos aqui e saia do post cuidando melhor do seu gato.

Cada fase da vida do felino demanda uma certa atenção específica para as necessidades dela. Por exemplo, quando ele é filhote está na fase de crescimento e, por isso, precisa de uma alimentação focada nele.

Essa questão não é diferente para quando seu amigo de patas está mais senhorzinho. Com a idade, certos comportamentos mudam e a dieta precisa ser repensada.

Para te ajudar a entender esse processo, fizemos esse guia com tudo o que você precisa saber sobre os alimentos para gatos idosos. Então é só continuar com a gente e tirar suas dúvidas. 

Lembrando que sempre indicamos que leve o seu crush pet no veterinário antes de mexer na alimentação dele. Nossa publicação não deve servir como substituta de uma consulta.

Esse conteúdo serve apenas como uma explicação para você, o acompanhamento veterinário é essencial principalmente para os gatinhos de idade mais avançada 😉

Agora vamos direto falar sobre os alimentos para gatos geriátricos!

Alimentos para gatos idosos

Quais são os gatos considerados idosos?

Em média, entre 10 e 12 anos os gatos já começam a ser considerados idosos. Sendo que a partir dos 7 anos eles já apresentam algumas mudanças comportamentais e fisiológicas.

Portanto, se o seu pet está com essa idade, já é hora de conversar com o profissional sobre a mudança de alimentos e ração para gatos idosos. É muito importante acompanhar isso de perto para cuidar da qualidade de vida dele.

Vale ressaltar que não é apenas o tempo de vida que deve ser levado em conta na hora de analisar a fase dele. Um felino pode ser considerado sênior a partir do momento que ele tiver alterações físicas ou reduzir sua disposição.

Há casos de animais que passam por um envelhecimento precoce. Muitos fatores podem influenciar nisso, alguns dizendo respeito ao tratamento que tiveram ao longo da vida.

Se você ainda possui um nenê novinho de gato, vale conferir o guia definitivo dos gatos da RollerCat e saber tudo sobre os cuidados que deve ter com eles. Também não substitui o acompanhamento veterinário, mas é um suporte a mais para os gateiros de plantão.

Além disso, temos um conteúdo sobre alimentação para gatos filhotes. Cuidar da saúde nutricional do seu fofo desde novinho é também uma forma de prevenir doenças e aumentar sua expectativa de vida <3

Cuidados necessários para gatos geriátricos

Ok, e o que exatamente devo ficar atento com os felinos mais velhinhos? Bom, algumas questões que vem com a idade são:

  • Perda ou ganho de peso
  • Mudança do metabolismo
  • Problemas de saúde
  • Baixa das atividades

Três desses fatores mexem diretamente com o corpo do seu gatinho. Isso acaba refletindo na saúde e bem estar dele, podendo facilitar o desenvolvimento de doenças.

É importante falar que a obesidade felina pode causar diversas complicações no organismo do seu bichinho. Temos um post que te ajuda a descobrir como saber se o gato está obeso. Vale a pena se atentar, principalmente se ele é idoso.

Da mesma forma que o emagrecimento também é um indicativo de algo pode estar errado. Muitas vezes quando o bichano emagrece, quer dizer que ele está com algum problema.

Então, como você pode ver, a preocupação com os alimentos para gatos geriátricos acaba se tornando uma forma de prevenção. 

Só que você deve ir além de se atentar apenas com as rações para gatos idosos. Existem alguns outros pontos que vale refletir, como por exemplo:

  • O comedouro do seu fofo está em um lugar acessível? Por exemplo, se estiver em um ambiente de um nível alto, pode causar dificuldades para que ele chegue até a comida.
  • Os alimentos estão sempre frescos e visíveis na tigela? Com o envelhecimento, muitos gatos perdem a capacidade de alguns sentidos como por exemplo o olfato e a visão.
  • Você está servindo uma quantidade adequada e balanceada para a dieta dele? Para saber mais detalhes disso, é necessário conversar com o veterinário para que ele avalie o caso específico do seu crush pet
  • Ele está com alguma dificuldade de mastigação? Uma solução viável é buscar por rações ou alimentos com cortes menores

Essas são só algumas questões iniciais para se pensar sobre os alimentos para gatos idosos. Se quiser conferir sobre alguns cuidados mais gerais sobre gatos idosos, vale dar uma olhada nesse vídeo do canal Gatil Hauser:

Nutrientes da alimentação para gatos idosos

Bom, você deve priorizar uma alimentação que siga a seguinte linha:

  • Proteínas de preferência com baixa concentração de fósforo, evitando doenças renais
  • Vitaminas essenciais (faça um check-up com o veterinário para descobrir as necessárias)
  • Carboidratos que ajudem a dar energia, mas que não compliquem a digestão do bichinho
  • Minerais
  • Dieta balanceada nos valores nutricionais e dose calórica

O cardápio completo deve ser montado com o auxílio de um profissional 🙂

Tipos de alimentos para gatos geriátricos

Você pode ter uma certa preferência para os tipos de alimentos para gatos idosos. De modo geral, existem rações específicas para os felinos sêniores. Que vão desde opções secas até as úmidas (uma boa opção para ajudar na hidratação).

Outra alternativa diz respeito à alimentação natural para gatos idosos. É provável que essa seja mais indicada para os animais que já seguem essa vertente desde mais novos, ou em algum caso mais específico de doença.

Se você quiser conferir mais sobre o tema, temos um conteúdo sobre ração ou alimentação natural: prós, contras e a resposta.

Só lembre que mudar drasticamente a dieta do seu pet durante a fase mais avançada de sua vida pode gerar problemas de adaptação. Converse bem com o veterinário antes se você tiver interesse em seguir por esse caminho e seja muito responsável.

Outra ideia também é conferir algumas opções de petiscos caseiros para gatos. Esses podem ser saborosos e incentivarem que seu pet se alimente de forma correta.

Curtiu nosso conteúdo sobre alimentos para gatos idosos?

Não tem muito mistério, você deve apenas ter cuidados com as necessidades especiais do seu pet. 

O suporte profissional é tudo nessas horas. Além disso, existem opções como o guia definitivo dos gatos que te auxiliam de forma complementar.

Se você gosta do assunto de felinos, vale conferir nosso post sobre como brincar com gatos. Ele pode ser útil para você não deixar que esse hábito seja perdido com o gatinho mais idoso 😉

Crush Pets
  • Crush Pets é um Blog para todos os amantes de Pets. Seja cachorro, gato, tartaruga, furão, peixe... tanto faz! Aqui juntamos a comunidade e falamos sobre como cuidar dos animais que amamos 😉

ARTIGOS RELACIONADOS

POSTS FRESQUINHOS

- Advertisement -