Como viajar com cachorro: Tudo sobre viagens de carro, ônibus e avião

Está planejando tirar umas férias e quer levar seu pet com você? Então é preciso ficar atento às dicas e regras de como viajar com cachorro. Entre elas:  

  • solicitar um atestado de saúde para o veterinário e conversar sobre medicações e sobre a saúde do animal;
  • pesquisar sobre a política de transporte de animais da companhia aérea ou da empresa de ônibus;
  • treinar seu pet a ficar na caixinha de transporte e mais.

Planejamento. Essa palavra é fundamental para quem deseja viajar com cachorro pela primeira vez, seja de avião, carro ou ônibus. 

Entre as dúvidas mais comuns estão: 

  • existe uma lei para viajar com cachorro?
  • devo dar remédio para o cachorro dormir na viagem?
  • como transportar meu pet?

Pensando nisso resolvemos criar este guia com dicas de como viajar com cachorro. Para facilitar sua pesquisa dividimos o artigo em 4 etapas:

  1. dicas gerais de preparação para a viagem;
  2. como viajar com cachorro de carro;
  3. como viajar com cachorro de ônibus;
  4. como viajar com cachorro de avião. 

[Geral] Dicas para viajar com cachorro de avião, carro ou ônibus

1. Converse com o veterinário sobre medicações e sobre a saúde do animal

Independente do veículo, é importante que você converse com o veterinário, que já acompanha a saúde do seu doguinho, sobre o transporte. 

Além de fazer uma avaliação geral sobre a saúde do seu pet e garantir que ele está bem para enfrentar horas de viagem, o veterinário é a melhor pessoa para tirar dúvidas como:

  • remédios para enjoo ou para dormir;
  • quantidade de água e comida que deve ser dada;
  • número de paradas que precisam ser feitas (se você for viajar de carro, claro) e mais.

2. Pesquise sobre a política de transporte de animais da companhia aérea ou de ônibus

Caso você não vá viajar de carro é fundamental descobrir quais são as políticas da companhia aérea ou da empresa de ônibus sobre o transporte de animais. 

De maneira geral, para essas duas situações, é obrigatório o uso da caixa de transporte, independente do porte do animal. 

Mas não é só isso. Geralmente, existe um número limite de animais por viagem e por isso é preciso avisar a empresa de transporte, com antecedência, que você levará seu pet. 

Existem restrições de tamanho, raças e exigências quanto a vacinas e comportamento do animal. Por isso, ligue para a companhia de viagem com antecedência para saber quais são os documentos obrigatórios. 

De qualquer maneira tenha em mãos o cartão de vacinação atualizado e solicite um atestado de saúde para o veterinário. Esses dois documentos são obrigatórios. 

Leia também: [REVELADO] Como fazer o cachorro parar de latir: 7 dicas 🐶

3. Treine seu pet a ficar na caixinha de transporte

Como falamos acima, planejamento é a palavra de ordem quando o assunto é viajar com cachorro. 

Uma viagem prazerosa pode se transformar em uma experiência horrível para o animal e também para você. 

Caso o seu pet não esteja acostumado a ficar na caixinha de transporte é necessário treiná-lo, antes que ele precise passar horas preso. 

Faça alguns passeios curtos com o animal preso na caixa. Mesmo que você vá viajar de ônibus ou de avião, pode usar o carro como uma experiência. 

Vá até uma praça com o seu doguinho preso e faça isso com uma certa frequência, até o animal se acostumar com esse espaço. 

Para você aprender como usar a caixa de transporte e ensinar o pet a ficar tranquilo lá dentro, indicamos que assista ao vídeo abaixo. 😉

Agora vamos às dicas mais detalhadas sobre como viajar com cachorro de carro, avião e ônibus. 

Como viajar com cachorro de carro?

Entre as opções avião, trem, ônibus e carro, o último é sem dúvida a forma mais tranquila para você e para o animal. 

Por ser um veículo particular, a viagem de carro tem menos burocracias.

Isso não quer dizer que não existam leis para viajar com cachorro. O Código Brasileiro de Trânsito regulamenta a viagem com animais, entretanto, entre as exigências da lei estão:

  • não transportar animais fora do veículo como no teto ou na caçamba de caminhonetes, por exemplo, mesmo que na caixa de transporte (eu não consigo imaginar alguém fazendo isso, mas é sempre bom que haja uma Lei garantindo que absurdos como esse não aconteçam);
  • animais só podem ser transportados no banco de trás do carro;
  • garanta a segurança do pet com uso de cinto de segurança para cães entre 5 e 50 kg, caixas de transporte (animais de porte menor) ou grade divisória (para animais com mais de 25kg que não se adaptaram ao cinto)

Para garantir a segurança do animal e dos demais passageiros, o cão deve estar preso. 

Nunca deixe um cão solto no carro, nem com a cabeça para fora da janela. Essa é uma prática muito perigosa!

Além do que está previsto em Lei, nós aconselhamos que você fique atento também a outros aspectos como:

  • manter uma temperatura agradável dentro do carro, usando ar condicionado em dias quentes ou abrindo a janela para manter o local ventilado;
  • realizar algumas paradas para que o cachorro possa beber água e fazer suas necessidades como xixi e coco;
  • uma das formas de como acalmar cachorro para viagem é fazer algum exercício com o animal para que ele fique mais tranquilo e caia no sono durante parte do trajeto. 

Leia também: 10 dicas para passear com cachorro: fim do mal comportamento.  

Como viajar com cachorro

Como viajar com cachorro de ônibus?

A viagem de ônibus é um pouco mais complicada, afinal, estamos falando de um veículo que transporta várias pessoas, que não pode parar quando você desejar e que exige alguns documentos para garantir a segurança de terceiros, além da segurança do animal. 

Entre as principais exigências das companhias de viagem estão: 

  • atestado veterinário que comprove a saúde do animal;
  • transporte exclusivamente em caixa de transporte;
  • aviso prévio do embarque do animal (algumas companhias têm um limite de animais por viagem). 

É FUNDAMENTAL que, mesmo com essas dicas para viajar com cachorro, você entre em contato com a companhia de viagem para que ela informe como funciona o transporte. Em alguns casos você terá que pagar uma passagem extra para que o pet viaje no banco do lado do seu. 

Como viajar com cachorro de avião?

Essa é sem dúvida a forma de viagem que mais exige atenção e planejamento dos tutores dos animais. 

Existem diferentes cuidados que precisam ser observados em viagens nacionais e internacionais (aí é que o bicho pega, mesmo) de avião.

Para saber como viajar com cachorro você vai precisar consultar três fontes:

  • regras da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil);
  • regras da companhia aérea com a qual você irá viajar;
  • regras do país em que você vai desembarcar (em caso de viagens internacionais). 

É importante que você conheça essas regras ANTES de comprar a sua própria passagem. Afinal, algumas companhias aéreas possuem limitações de peso e raça do animal, que podem impedir que o seu pet viaje com você. 

Consulte um veterinário

Como veremos na seção de documentação, você vai precisar de um atestado de saúde para viagens de avião, emitido por um veterinário de sua confiança. 

Entretanto, nossa indicação é que você comece por aqui, afinal, se o seu doguinho não tiver condições de saúde para enfrentar um voo, todos os demais passos serão desnecessários e será importante você pensar em outras soluções. Entre elas, deixar o seu amicão com um familiar ou em um hotel para cachorro até você voltar de viagem. 

Estando tudo certo com a saúde do animal, seguimos para as próximas etapas.

Como viajar com cachorro

Reserve o espaço no voo

Antes de comprar a sua passagem, entre em contato com a companhia aérea e descubra quais são as suas regras de voo de animais e se há espaço para o seu cão no voo desejado. O número de pets por voo é limitado então faça a reserva com antecedência. 

Algumas companhias aéreas só permitem voos de animais com até 5 kq e na cabine. Outras oferecem transporte de animais de grande porte no porão. 

Todas entretanto, exigem o uso de caixa de transporte. 

Caso esteja tudo de acordo com a sua necessidade, faça a reserva da sua passagem e da vaga do pet. 

Como viajar com cachorro de grande porte

Um cachorro de grande porte precisará ir no porão do avião. Na verdade, de maneira geral, a ANAC só permite que animais de até 10Kg com a caixa de transporte fiquem na cabine (exceto casos como cães de acompanhamento psicológico, cães guia e outros casos excepcionais).

Animais que excedem o limite estipulado pela ANAC ou pela companhia aérea devem viajar no porão do avião. Entretanto, mesmo nesses casos, as companhias aéreas possuem limites de peso. 

Identifique seu animal com uma plaquinha com nome e seu telefone. Identifique também a caixa. 

Mais uma vez, recomendamos que confira com a companhia aérea o limite de peso do animal, para cada área do avião. 

Você precisará chegar mais cedo ao aeroporto de embarque com o seu pet já na caixa e levá-lo até uma área especializada. A própria companhia pode te dar essas instruções em seu contato para reserva do voo.

Raças de animais que não podem viajar de avião

Algumas companhias aéreas não transportam cães de determinadas raças, como Pugs e Bulldogs. Isso acontece, principalmente, pela dificuldade de respiração desses animais. Entretanto, confira com cada uma das companhias e encontre a que poderá te atender. 

Documentação

Em voos nacionais a documentação, geralmente, se resume a: 

  • certificado de vacinação antirrábica (mais de 30 dias e menos de um ano)
  • atestado de saúde para viagens aéreas (uma semana antes do voo)

Já para voos internacionais será necessário confirmar com o consulado do país de destino, quais documentos serão necessários e quais procedimentos são indispensáveis para a viagem. 

Dica bônus: As documentações para viagem internacional podem ser muito complexas e demoradas, por isso, comece o processo pelo menos 6 meses antes da data da viagem. 

Caixa de transporte

Para viagem em avião é obrigatório o uso de caixa de transporte.

A caixa deve permitir que o animal se movimente, possa girar, deitar, sentar e seja bem resistente. 

Alimentação no dia do voo

Uma dica é não oferecer comida de duas a três horas antes do voo, entretanto, algumas companhias exigem que você deixe comida à disposição do animal, dentro da caixa. 

É muito importante deixar água no recipiente indicado na caixa para que o cão fique bem hidratado. 

Vale a pena dar remédio para cachorro dormir em viagem?

Não é aconselhável o uso de sedativos para animais que vão viajar de avião. 

Entretanto, é sempre importante que você converse com o veterinário para que ele te ajude em situações em que o animal é muito agitado. 

Em viagens de carro e ônibus alguns remédios que evitam o enjoo podem ajudar, mas NUNCA medique seu pet sem indicação do veterinário!

E ai? Gostou das nossas dicas de como viajar com um cachorro?

Com tudo organizado e planejado você poderá viver momentos incríveis em suas viagens com seus amigos de quatro patas!

Ter seu amigo por perto é sempre um prazer, mas se você está preocupado com a agitação do animal durante a viagem, nós indicamos mais um artigo; “[Guia] Melhores dicas de como acalmar cachorro agitado”. Vale a pena conferir!

Crush Pets
  • Crush Pets é um Blog para todos os amantes de Pets. Seja cachorro, gato, tartaruga, furão, peixe... tanto faz! Aqui juntamos a comunidade e falamos sobre como cuidar dos animais que amamos 😉

ARTIGOS RELACIONADOS

POSTS FRESQUINHOS