10 dicas para passear com cachorro! Hábitos simples para aproveitar ao máximo esse momento

O fato de você estar procurando dicas para passear com cachorro mostra que você é um tutor responsável e que quer o melhor para o seu pet. E isso é ótimo!

O nossos pets precisam de passeios diários e a qualidade de vida deles está diretamente ligada a isso. Imagine você preso em casa todos os dias, dormindo e acordando no mesmo ambiente. Também ficaria estressado não é mesmo?!

Problemas de comportamento frequentemente tem relação com cachorros estressados pela falta de passeio. O passeio constante é, inclusive, uma das formas de como fazer o cachorro parar de latir

Cães que não passeiam regularmente além de estressados também ficam com acúmulo de energia que podem facilmente desencadear sintomas como:

  • Agressividade;
  • ansiedade;
  • depressão;
  • destruição de coisas pela casa, como paredes e móveis;
  • desobediência;
  • obesidade;
  • doenças cardiovasculares entre outros.

Portanto o passeio é importantíssimo! E além de ajudar a evitar estes problemas ele traz vários benefícios para os cães, como:

  • Melhora da saúde física e mental;
  • Maior estímulo de seu olfato;
  • desenvolvimento social;
  • desenvolvimento motor;
  • entretenimento;
  • melhora o sono;
  • e melhora o comportamento.

Além de todos estes ítens, o passeio regular ainda é uma ótima estratégia para estreitar a relação entre vocês, tudo isso sem contar a felicidade que ele vai ficar!

Pensando em tudo isso escrevemos este texto com 10 dicas para passear com cachorro e ajudar no seu passeio com seu melhor amigo.

10 dicas para passear com cachorro e aproveitar ao máximo esse momento

Nossas dicas para passear com cachorro vão ajudar você a melhorar a sua relação com seu dog. Problemas de comportamento e dificuldades com os passeios são questões cotidianas entre tutores. Portanto nossas dicas também vão ajudar você a melhorar a sua relação com o passeio de seu cachorro.

Com nossas dicas para passear com cachorro você pode melhorar os puxões na guia e eliminar o confronto com outros cães durante o passeio. Em suma, comportamentos ruins que podem ser evitados com algumas dicas simples.

Seguimos então com nossas 10 dicas para passear com cachorro.

Dicas para passear com cachorro

1. Esteja em dia com seus medicamentos

Antes de começar a passear com o seu cachorro é importante que ele esteja com suas vacinas em dia. Assim como os medicamentos para controle de pulgas e carrapatos.

Durante o passeio os cães ficam muito expostos a vários riscos e para que ele não fique doente você precisa resguardá-lo. Basicamente sua preocupação deve se concentrar nos seguintes aspectos:

  • Vacina V8 ou V10;
  • vacina contra raiva;
  • medicamento para controle de pulgas;
  • medicamento para controle de carrapatos;
  • vermífugo.

Com estes cuidados você irá poupar dores de cabeça futuras e garantir que a saúde de seu cachorro esteja em dia.

2. Separe o que você vai precisar

Antes de sair com o seu cachorro é importante planejar tudo o que você vai precisar para que nada seja esquecido. Para ajudar você a se lembrar siga este checklist de itens que poderão ser necessários durante o passeio:

  • Coleira ou peitoral com identificação;
  • Guia;
  • Sacolinhas para retirar as fezes de seu cachorro;
  • garrafinha e suporte para ele beber água;
  • petiscos;
  • algum brinquedo, caso vocês forem parar em algum local apropriado para soltá-lo.

Cada passeio pode exigir um cuidado diferente. Caso não esteja um dia tão quente você pode até deixar que ele beba água apenas quando voltar para casa. Em dias de altas temperaturas a garrafinha é indispensável ao passeio.

O mesmo se aplica ao brinquedo que pode ser dispensável caso você não vá soltá-lo em nenhum local.

Dica extra: Evite guias ou coleiras “enforcadeiras”, elas podem trazer problemas para a saúde de seu cachorro.

3. Acostume ele ao peitoral ou coleira

A coleira é um item indispensável para o passeio, afinal, soltar seu cão em locais com movimento de carros é muito perigoso! 

Deixe-a em locais visíveis para que seu cachorro se acostume com elas no dia a dia. Alguns animais tem medo do item, mas basta acostumá-los que tudo vai dar certo.

Não se esqueça de colocar na coleira uma placa de identificação com o nome do animal e o seu telefone de contato. Assim fica bem mais fácil identificar para estranhos que o cachorro tem dono e ajudar alguém que achou seu animalzinho a encontrar você. 

4. Ensine comandos simples

Treinar o seu cachorro com comandos simples irá ajudar muito o seu passeio com ele. A princípio comandos bem simples como:

  • Aqui;
  • pare;
  • anda;
  • senta.

Vão ajudar muito no momento de seu passeio com seu cachorro. Para ensinar, basta que você repita a ação que você quer que ele faça e o recompense sempre que ele fizer. O grande segredo é a repetição e a premiação do acerto que pode ser um petisco.

Com o tempo você pode ir retirando os petiscos aos poucos que eles já terão aprendido os comandos.

5. Evite agitação

Essa é uma das dicas para passear com cachorro mais importantes de nossa lista. E ela serve principalmente para aqueles cães ansiosos e muito excitados.

O passeio é um momento de muita alegria para seu cachorro e isso gera ansiedade e excitação. Nesse momento tudo que ele não precisa é que você o agite ainda mais. Mantenha-se calmo e evite excitá-lo falando diretamente com eles, frases como: Olha o passeio!!! Quer passear?? Vamos! Vamos!!

Tudo isso só vai alimentar ainda mais seu estado.

Procure estar calmo e só colocar a sua guia ou coleira/peitoral quando seu cachorro ficar calmo. Evite o contato visual quando ele estiver agitado e fique parado até que ele se acalme. Tudo isso são práticas de liderança que você verá no próximo tópico.

6. Use práticas de liderança

As práticas de liderança irão ajudar você a ter mais controle sobre o seu cachorro, proporcionando um passeio mais agradável e tranquilo para vocês.

Assim como adiantamos no tópico anterior, uma postura calma e assertiva vai ajudá-lo no processo. Algumas atitudes que irão te ajudar são:

  • Só sair com seu cachorro quando ele acalmar. Se mantenha parado e não faça contato visual com ele até que se acalme;
  • não ir atrás dele para colocar a guia ou coleira/colete. Chame-o e deixe que ele venha até você;
  • não deixar que ele passe pela porta na sua frente. Sempre que for sair de casa se assegure de segurar a guia e corrigi-lo caso ele tente sair primeiro que você;
  • quando estiver na rua não permita que ele ande na sua frente. Para ajudá-lo com isso você pode usar a seguinte estratégia: parar e andar na direção contrária.

Todas estas práticas vão ajudar você a conseguir sair com seu cachorro com mais segurança e garantir um passeio mais seguro.

7. Variar o passeio

Com o tempo o cachorro pode não se sentir tão estimulado com os mesmos passeios e horários de sempre. Portanto procure fazer atividades diferentes com ele. Isso irá surpreendê-lo e tornar o passeio sempre uma nova experiência. Garantindo que a eficiência do passeio se mantenha.

8. Leve petiscos

Levar petiscos para o passeio vai ajudar você a recompensar atitudes corretas de seu cachorro. Sempre que ele fizer algo que você aprova, fique a vontade para agradá-lo.

O condicionamento positivo ajuda você a ter um cachorro equilibrado e obediente aos seus comandos.

9. Duração

A duração vai variar da quantidade de vezes que você sai com seu cachorro e o tempo de duração de cada passeio. Assim como varia também pelo tamanho e raça de seu pet.

Cães maiores tendem a precisar de passeios maiores e mais exercícios para gastarem suas energias. Enquanto cães pequenos podem ficar muito bem resolvidos com passeios de 30 minutos ao dia.

Procure saber sobre a energia de seu cachorro. Algumas raças precisam de muito exercício para que consigam ter um comportamento desejado dentro de casa.

Esse fator deve ser determinante na escolha de seu pet, de forma a considerar apenas raças que se encaixe no cotidiano da sua vida. Por exemplo: se você tem pouco tempo, fuja de um Border collie e prefira um que se adapte a pouco passeio como um Pug.

10. Evite dias quentes demais

Não se esqueça que seu cachorro não tem calçado e ele pode queimar suas patinhas. É muito comum que cachorros se machuquem por conta de tutores que não se atentaram para a temperatura do solo.

Sem contar que o calor em excesso pode atrapalhar longas caminhadas e deixá-lo cansado antes do habitual.

Pronto para colocar em prática?!

E aí? O que achou de nossas melhores dicas para passear com cachorro? Conte pra gente nos comentários como é sua experiência com seu pet! Esperamos ajudar você e seu pet neste momento tão importante na relação de vocês.

Comente Abaixo