[Tudo sobre] Como fazer cachorro e gato se darem bem: o que fazer e o que NÃO fazer

É cada vez mais comum famílias que adotam cães e gatos. Nesses casos, é muito importante saber como fazer cachorro e gato se darem bem para que a sua vida e a deles sejam mais facil. Evitando acidentes e ajudando a construir um excelente relacionamento entre seus pets. 

É possível? É. 

É fácil? Não. 

Aprender como fazer gato se acostumar com cachorro, ou o contrário, exige paciência e determinação. 

Segundo especialistas, o processo como um todo pode durar de 2 a 3 meses e cada etapa deve ser repetida ao longo do dia, pelo menos em 3 sessões de 15 minutos. 

Mas, se você se comprometer a fazer essa apresentação da maneira correta, é bem provável que tenha sucesso e possa fazer suas próprias imagens de cães e gatos que são inseparáveis. 

Como fazer cachorro e gato se darem bem 

Antes de mais nada é importante observar que a maioria dos ataques de cães em gatos ou de gatos em cães é por medo e não porque cachorro não gosta de gato

As duas espécies têm instintos de caça, mas em caso de ataque doméstico, geralmente, não estamos falando de comportamentos agressivos, mas medrosos. 

De qualquer forma, um “ataque” entre esses animais pode ser muito sério levando, inclusive, à morte, em casos mais severos. Isso sem contar no trauma, que pode atrapalhar todo o processo de como socializar gato e cachorro para sempre. 

Com as dicas certas, entretanto, tudo pode ser feito da maneira adequada e confortável para todos os lados. 

A seguir, separamos o passo a passo de como fazer cachorro se darem bem:

  1. Escolha um local espaçoso em que haja rotas de fuga para os animais, como um corredor para o cachorro ou estantes (na vertical) para os gatos,
  2. Faça esses treinamentos, preferencialmente, com a ajuda de outra pessoa que está acostumada com animais, 
  3. A primeira etapa deve ser colocar os animais em ambientes distintos, mas que permitam que um sinta o cheiro do outro. Como um quarto com uma porta para o corredor. O gato pode ficar no quarto e o cão no corredor, 
  4. Depois de alguns dias organize sessões de aproximação com o gato na caixinha, em uma prateleira ou qualquer lugar alto e o cachorro solto, brincando com alguma coisa,
  5. Faça sessões de 15 minutos para não estressar os animais,
  6. Se o cachorro começar a fixar a atenção na caixa do gato, distraia-o e chame novamente a atenção para a brincadeira com você,
  7. Quando sentir que durante as sessões os animais estão tranquilos, tire o gato da caixa, mas coloque uma guia confortável no cachorro, 
  8. Antes de levar o gato para o ambiente, comece a brincar com o cachorro para colocar o foco dele em você. Coloque o gato em um ambiente vertical, onde o cachorro não consegue alcançar. Nessa fase é importante ter a ajuda de alguém. Enquanto um fica com o cachorro, o outro fica com o gato, 
  9. Mais uma vez faça sessões de 15 minutos e tire atenção do cão sobre o gato com brincadeiras e petiscos. Ele deve ver o gato, mas não se concentrar nele. Brinque e dê petiscos saborosos. Isso vai ajudar a manter o foco do cão na brincadeira,
  10. Dê os brinquedos preferidos dos animais apenas quando eles estiverem juntos, isso causa uma boa associação, 
  11. A próxima fase é fazer as refeições juntos. Coloque os animais de frente (nunca de costas ou de lado), com pelo menos 1,5m de distância, deixe o cão na guia e se necessário o gato também e deixe-os comer. Sempre faça as refeições juntos, para estabelecer também essa associação, 
  12. Quando sentir que o ambiente está bem tranquilo é chegado o tempo em que, enquanto você estiver em casa, eles vão estar soltos, o tempo que não estiver eles devem ser mantidos separados. 
  13. Ao longo do período de treinamento você vai sentir a confiança de deixá-los sozinhos e soltos. Comece com apenas alguns minutos e vá expandindo o tempo. 

Repita os treinos e analise sempre o comportamento dos animais. Antes de fugir ou atacar os cachorros ficam com o olhar fixo e a orelha muda de posição, já os gatos se encolhem e mudam a orelha também. Nesses sinais, separe os dois mudando de ambiente e encerrando o treino por aquele momento.  

Confira na prática, algumas das nossas dicas de como fazer cachorro e gato se darem bem, assistindo ao vídeo abaixo. 

[Bônus] Dicas para gatos e cachorros juntos

Os problemas entre cães e gatos domésticos também podem acontecer pela diferença de temperamento. Cães são agitados e gatos curtem uma preguiça.

Entretanto, mesmo na apresentação de dois cães ou dois gatos, é importante aproximar os animais aos poucos para que possam se conhecer e se acostumar a conviver com o outro. Essa sim é uma relação que tem tudo para ser duradoura.  

Para evitar alguns erros comuns no processo de treinamento para socializar gato e cachorro indicamos que assista ao vídeo abaixo. Ele é bem completo e vai ser muito útil!

Adestramento como facilitador para fazer cachorro e gato se darem bem

O adestramento de cães é um facilitador para o convívio do animal com outras pessoas e também com outros animais, entre eles os gatos.  

E ao contrário do que muita gente pensa, é possível adestrar o cão em casa, com investimento mais baixo, aproveitando os cursos de adestramento para cachorros online voltados para tutores e que custam a partir de R$49,90, como as opções:

Os cursos e ebooks que indicamos oferecem conteúdo completo, com práticas testadas e aprovados de como fazer cachorro e gato se darem bem. Além disso, possuem outros módulos, como:

Se você também tem outras técnicas de como socializar gato e cachorro, compartilha com a gente e para ajudar nossos leitores, deixe nos comentários. 

Comente Abaixo