Comida natural para cachorro: passos para criar uma dieta ideal [com tabela de quantidade]

Montar um cardápio de comida natural para cachorro gera muitas dúvidas para quem está começando a fazer a transição da ração para uma alimentação caseira. Realmente, esse assunto precisa ser muito bem estudado para que você não atrapalhe a saúde do seu pet, oferecendo menos nutrientes do que ele precisa. 

Quando falamos em comida caseira para cachorros não estamos falando de uma comida igual a que você come. Muito menos de restos. 

Os cachorros demandam uma dieta preparada especialmente para eles. A alimentação natural para cachorros exige que você se concentre em montar um cardápio especial para seu pet, equilibrando as vitaminas e minerais fundamentais para a saúde do pet. 

A comida humana, além de ter ingredientes que não fazem bem para o animal, como alho, cebola e sal, não atende a todas as necessidades do seu cão.

É por isso que a discussão entre ração ou alimentação natural é tão complexa. Afinal, mesmo com os contras relacionados a ração, quando de qualidade (como uma ração premium), ela garante o fornecimento adequado de nutrientes. 

Então, para que você tenha mais segurança ao começar a preparar comida natural para cães, é indicado que se inscreva em um curso de alimentação natural para cães, como os apresentados abaixo:

Qual é a quantidade de comida natural para cachorro? 

Essa é uma das perguntas mais frequentes quando o assunto é dieta natural para cachorro. Isso porque, na embalagem da ração sempre está descrita a quantidade que deve ser oferecida, diariamente, para o animal. Mas, e quando é você quem precisa equilibrar as quantidades?

Uma forma simples de dosar a quantidade de comida natural para cachorro é seguindo a tabela abaixo, que considera a porção de comida de acordo com o peso do cão

Assim, para um cão de até 3 quilos, 200g de comida por dia é suficiente. Já para cães de 36 kg a 40 kg são necessários 1,3 kg de comida diariamente.

E o seu pet? Precisa de quantas gramas de comida por dia? 

Comida natural para cachorro

Fonte: Animal Natural

É claro que além da quantidade é preciso avaliar a qualidade da comida que está sendo servida. 

Há alguns anos era muito comum, principalmente, em fazendas, um cachorro se alimentando à base de angu. Por mais que mate a fome momentânea do animal, o angu não oferece todas os nutrientes necessários para manter um cachorro saudável e feliz!

O angu é pobre em proteínas e outras substâncias necessárias ao animal e uma dieta a base dele pode causar problemas graves como:

  • queda de pelo;
  • feridas na pele;
  • feridas na boca.

Então qual é o equilíbrio ideal da alimentação natural para pets? 

O gráfico abaixo nos mostra que uma dieta feita com comida natural para cachorro deve conter, por prato:

  • 35% carboidratos,
  • 30% de carnes desossadas, 
  • 30% vegetais, 
  • 5% vísceras.
Comida natural para cachorro

Fonte: Cachorro Verde

Mesmo com esses parâmetros para criar comida natural para cachorro é importante que você leve seu pet a um veterinário para fazer uma avaliação da saúde do cão. 

Converse com o veterinário sobre a vontade de iniciar a introdução de comida natural para cachorro e siga as instruções que forem compartilhadas. 

Porque optar pela alimentação natural para cachorros?

Quando construída da maneira correta, a comida natural para cachorro tira do consumo diário do animal elementos como aditivos químicos, transgênicos, conservantes e corantes.

Permitindo que seu dog tenha uma alimentação muito mais saudável, com melhor absorção de nutrientes e melhoria para toda a saúde. 

A mesma coisa acontece com você, quando abandona os alimentos industrializados.

Entre os benefícios em optar pela alimentação natural podemos citar:

  • melhora do sistema imunológico, diminuindo o número de doenças que atingem o animal, 
  • pelos mais macios e brilhantes, com menos quedas ajudando na manutenção da sua casa limpa,
  • mais disposição e energia para brincadeiras e para o dia a dia. Ninguém quer seu doguinho quietinho, triste e fraco, não é mesmo?,
  • eliminação de aditivos químicos e outras substâncias como corantes e conservantes, 
  • fezes mais firmes e sequinhas, 
  • longevidade, alguns estudos começam a apontar que a alimentação caseira, quando bem construída, ajuda a aumentar o anos de vida do seu parceiro, 
  • controle da obesidade, entre outros. 

Reforçamos, ao longo deste artigo, a importância de um cardápio equilibrado. É ele que vai garantir que todos os benefícios listados, realmente, possam ser aproveitados na opção pela comida natural para cachorro. 

Como começar a preparar comida natural para o pet? 

Estudando! Esse é o primeiro passo! Além disso, ir ao veterinário e fazer alguns exames no pet (principalmente de sangue) também é uma etapa fundamental para garantir que tudo ficará bem e será feito para melhorar a saúde desse animal. 

Como dissemos acima, hoje em dia você já encontra cursos que ensinam tutores a criarem um cardápio de comida natural para cães, que seja equilibrado e atenda às demandas nutricionais de cada animal. 

Além claro, de ensinar receitas deliciosas que vão deixar o seu cachorro ainda mais feliz na hora da refeição. 

Acredite, esse passo pode tornar a sua rotina com a alimentação natural do seu cachorro, muito mais simples!

A seguir, reforçamos o convite para você conhecer 4 cursos de alimentação natural para pets. 

Você também pode investir em um curso como esses para iniciar um novo negócio. Quer saber como? Acesse nosso artigo, “Como vender comida para cachorro: cursos, receitas [+ dicas]”.

Crush Pets
  • Crush Pets é um Blog para todos os amantes de Pets. Seja cachorro, gato, tartaruga, furão, peixe... tanto faz! Aqui juntamos a comunidade e falamos sobre como cuidar dos animais que amamos 😉

ARTIGOS RELACIONADOS

- Advertisement -

POSTS FRESQUINHOS