Cuidados nos dentes de pets

Quando adotamos um pet, abrimos uma porta para um universo completamente novo. Por isso, é extremamente comum que surjam inúmeras dúvidas.

Entre elas, como cuidar da saúde do animal, principalmente a saúde bucal. Infelizmente, a saúde bucal é negligenciada por muitos tutores.

E apesar, dos tutores acreditam estarem fazendo o melhor para o seus animais, por falta de conhecimento e orientação, muitos pets acabam sofrendo.

O problema, é que os animais possuem uma maneira exclusiva de se comunicar, e muitas das vezes não é bem interpretada por seus tutores, fazendo com um problema de saúde se agrave ainda mais.

Eles são independente para diversas áreas, menos quando o assunto é saúde. Por isso, é importante que o tutor conheça o comportamento do seu animal.

Além disso, é preciso saber quais são os cuidados necessários para que ele não passe por futuras complicações e tenha uma saúde bucal equilibrada.

Continue lendo esse post e descubra mais sobre o universo bucal do seu pet!

Nossas semelhanças

É nítido que temos diversas semelhanças em relação aos outros animais, no entanto, muitas das vezes não associamos isso a doenças e cuidados.

Assim como os humanos, os pets passam por diversas mudanças no corpo e se não forem dadas as devidas atenções, podem acabar enfrentando algum problema.

Assim como nós, os animais podem sofrer com mordidas cruzadas, tumores e até obesidade. De modo geral, eles podem sofrer dos meus problemas que os seres humanos.

E com a dentição, não poderia ser diferente. Por isso, assim como nós, os pets precisam de cuidados com sua dentição.

É fundamental cuidar da boca do seu animal, afinal, ela é como uma porta de entrada para vírus e bactérias. E por mais que os animais sejam resistentes, não significa que eles sejam intactos.

Mas, como cuidar da saúde bucal do seu animal?

Saúde bucal saudável

Como já falamos anteriormente, quando adotamos um pet encontramos diversas mudanças e curiosidades. Por mais que, alguns tutores tratam seus pets como filhos, é um universo completamente novo.

Sabemos que alguns animais possuem resistência a banho e escovação. Por isso, é fundamental acostumá-lo com isso desde pequeno. 

Escovação

Para a escovação apropriada você deve utilizar uma escova apropriada, facilmente encontrada em pet shop.

Elas se assemelham às nossas, porém, possuem um cabo mais comprido. Se o seu animal não for agressivo, você pode optar por utilizar dedeiras de silicone ou até mesmo gaze.

Você também pode utilizar um creme dental para apoiar na higienização. Mas, atenção, nunca utilize o creme dental humano, pois, ele contém componentes prejudiciais para o pet.

Para a escovação, basta ir massageando levemente os dentes do seu animal. Procure fazer brincadeiras durante esse momento, para que ele relacione a escovação com uma coisa boa.

O que fazer quando o animal é agressivo ou não gosta de escovação?

A maioria deles não são muito amigáveis durante o banho ou escovação, mas porque associam a ação como uma ameaça.

Por isso, para que isso não aconteça é fundamental que comece desde filhote. Porém, caso o seu animal não seja mais um filhote, não é o fim.

Você pode utilizar brinquedos que possuem o propósito de higienizar os dentes, é possível encontrar diversos formatos.

Além disso,você também pode encontrar petiscos que possuem abrasivos para higienizar os dentes. Porém, é preciso ter cuidado, pois alguns deles são extremamente calóricos, podendo causar problemas cardíacos e até obesidade a longo prazo.

Já os enxaguantes bucais devem ser evitados, a menos que seja indicado por um dentista. Caso contrário, ele pode esconder um dos sintomas que problemas bucais podem causar, como o mau hálito.

Por isso, caso o seu animal esteja com mau hálito, procure um especialista imediatamente.

Seu pet no dentista

Muitos tutores se assustam quando ouvem que precisam levar seu pet no dentista. Atualmente, existem profissionais e clínicas dedicados a saúde bucal do animal.

Mas, a dúvida mais comum entre os tutores é: quando devo levar meu pet ao dentista? 

Vale mencionar que, essa é uma área nova. Antigamente, quem cuidava e realizava os procedimentos odontológicos eram os próprios cirurgiões gerais.

Porém, como o tempo, muitos tutores começaram a perceber a necessidade de cuidar 

da saúde bucal como prevenção de outras doenças.

Por isso, com o avanço da tecnologia, foram sendo desenvolvidos ou adaptados procedimentos e tratamentos, para os pets.

 Hoje, já é possível encontrar aparelhos ortodônticos, implantes dentário, restaurações e até tratamentos estéticos como o clareamento dental.

Claro que, todos os tratamentos são aplicados para o bem-estar do animal. Não é indicado fazer tratamentos estéticos, por isso nem foram desenvolvidos aparelho ortodôntico transparente e lente de contato dental, por exemplo, pois são completamente estéticos.

No entanto, é possível fazer restaurações que se assemelha ao aspecto final de um tratamento  lente de contato dente, porém, possui apenas o objetivo de proporcionar uma boa mastigação ao animal.

Caso seu animal tenha perdido algum dente, ou você percebeu que ele está com dificuldades para alimentar, procure um especialista mais próximo da sua casa.

Para saber qual é o melhor momento para levar o seu pet ao dentista, procure observar o seu comportamento e alimentação.

Se você ficou curioso sobre como funcionam os tratamentos odontológicos em animais, pesquise no google por palavras-chave, como “odontologia para pet”, “implante dentário preço médio em pet”, “aparelho dental em animal” ou “tratamentos odontológicos pet”. Dessa forma, o Google trará imagens e os conteúdos mais relevantes sobre o assunto.

Crie uma rotina de higienização!

Uma das maneiras de demonstrar o seu amor e cuidado para o seu pet, é cuidando da saúde dele.

No entanto, vale mencionar que os animais tendem a ser mais ansiosos  que os humanos, por isso, ficam em estado de alerta quando não sabem o que está prestes a acontecer.

Por isso, procure criar uma rotina para o seu animalzinho. Crie uma hora para ele comer, dormir, tomar banho e escovar os dentes. Dessa maneira, ele aceitará cada vez melhor o processo de higienização.

Porém, sabemos que mesmo que tenha todos os cuidados, o animal ainda está exposto a eventuais problemas e doenças.

Por isso, é fundamental que o tutor já conheça uma clínica odontológica e agende pelo menos uma consulta ao ano, para certificar-se de que tudo está correndo perfeitamente bem.

Cuidar da saúde bucal do seu animal, é uma demonstração de  amor!

Conteúdo produzido por Ana Laura Ferreira, redatora na Vue Odonto.

Crush Pets
  • Crush Pets é um Blog para todos os amantes de Pets. Seja cachorro, gato, tartaruga, furão, peixe... tanto faz! Aqui juntamos a comunidade e falamos sobre como cuidar dos animais que amamos 😉

ARTIGOS RELACIONADOS

POSTS FRESQUINHOS